Free Web Site Counter
Free Counter

sexta-feira, outubro 24, 2008

Espanha aprova (aumento do) transvase do Tejo que pode afectar caudal do rio em Portugal

Espanha aprova transvase do Tejo que pode afectar caudal do rio em Portugal
24.10.2008
Lusa, PÚBLICO



"O Governo espanhol aprovou hoje um transvase de 40,5 hectómetros cúbicos de água entre os rios Tejo e Segura, correspondente ao último trimestre do ano. A questão há muito que gera polémica no país vizinho e em Portugal. As associações ambientalistas alegam que os critérios de cálculo dos desvios de água estão desactualizados e que não se tem tido em conta a diminuição progressiva do caudal do rio mais comprido da península.

O valor do transvase foi definido durante a reunião do Conselho de Ministros (22,5 hectómetros serão para abastecimento humano e os restantes para rega), anunciou a vice-primeiro-ministro, María Teresa Fernández de la Vega. Segundo o Governo espanhol a medida beneficiará 2,5 milhões de habitantes em 79 municípios de Múrcia, Alicante e Albacete.

O valor do transvase foi determinado pela comissão que gere o tema, numa altura em que as reservas na nascente do Tejo se situam nos 315 hectómetros cúbicos, acima dos 240 hectómetros cúbicos limite.

Mas a medida não é consensual. A decisão foi contestada pela região de Castela La Mancha e por associações ambientalistas tanto de Espanha como de Portugal que exigem novos critérios para cálculos de desvios de água que dizem estar desactualizados desde dos anos 80.

Foi aliás um ano antes, em 1979, que o projecto inicial foi concluído. As autoridades espanholas conceberam-no por considerarem vital o abastecimento das populações do sudeste de Espanha "uma região ideal para a agricultura", mas marcada pela "escassez da água".

Desta forma, o transvase entre os dois rios passou a constar do Plano Nacional de Obras Hidráulicas, em que duas das 14 barragens do rio Tejo, em território espanhol, proporcionam a transferência de água.

Para a Confederação Hidrográfica do Tejo o transvase continua a ser "um elemento fundamental" do desenvolvimento da região mediterrânea do sudeste espanhol".

Tejo vive situação “insustentável”
A capacidade deste rio, de poder garantir um transvase de 600 hectómetros cúbicos, anualmente, "considera-se hoje inalcançável". Desde o início da década de 80 e em média, o Segura recebe anualmente 350 hectómetros cúbicos.

Além disso, esta semana o governo regional de Castela La Mancha denunciou que a nascente do Tejo tem actualmente menos água que a do Segura.

Os dados foram divulgados pela porta-voz do governo regional, Isabel Rodríguez, que referiu que as albufeiras na nascente do Tejo têm actualmente 42 hectómetros cúbicos menos que no ano passado, enquanto no Segura há 21 hectómetros cúbicos mais que há um ano.

A polémica proposta de terminar o transvase entre o Tejo e o Segura em 2015, contida no Estatuto de Autonomia de Castela la Mancha (actualmente em debate parlamentar) deve ser chumbada devido a um acordo político.

Os dois maiores partidos, PP e PSOE, terão já chegado a acordo para retirar esse tema do estatuto, argumento que a água é uma competência nacional e que, por isso, transcende textos regionais, como os estatutos de autonomia.

Ao mesmo tempo, o governo regional argumenta que o Tejo vive uma situação "insustentável" e que nem sequer estão a ser respeitados os caudais mínimos ambientais no que é o rio mais importante da Península Ibérica."


Fonte PUBLICO: Transvase de água do Tejo para o Segura

Comentário: Uma vergonha nao se ver nenhuma movimentação política por parte dos nossos governantes Portugueses, para acautelar o que também é NOSSO, para defender um recurso importantíssimo, tanto em termos Ambientais, e até económico, nas questões realmente importantes simplesmente não reagem... O povo Espanhol luta mais pelos nossos direitos do que nós próprios, já que muitas associações ambientalistas Espanholas e muitos Espanhois têm sido contra este processo de transvase, que há muito nem deveria ser permitido, e que faz com que o rio Tejo chegue muitas vezes à nossa fronteira quase sem água, chegando mesmo a interromper o seu curso... UMA VERGONHA

Etiquetas: , ,

1 Comments:

At 24 maio, 2011 21:45, Anonymous Anónimo said...

Hello trata-se a 1ª vez que li o teu blog e adorei tanto!Bom Projecto!
Cumps

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home