Free Web Site Counter
Free Counter

terça-feira, outubro 31, 2006

Homenagem à minha prima Helena Arruda





Helena Arruda homenageada em Alfange
22 Out 2006, 12:17h

Antigos alunos organizaram surpresa a animadora do ATL apanhada pelo infortúnio


Helena Arruda foi homenageada este sábado por antigos alunos do ATL de Alfange, Santarém, que não ficaram indiferentes ao facto de a antiga animadora de tempos livres sofrer de uma doença rara, Esclerose Lateral Amiotrófica, que a remeteu para uma cadeira de rodas. Recentemente recebeu de um empresário da região uma cadeira de rodas eléctrica que lhe tem permitido passear na cidade e rever amigos.
A iniciativa, organizada por jovens entre os 13 e os 25 anos, foi marcada pela emoção e alegria, num reconhecimento público pelo contributo que “Lena”deu para o crescimento das crianças de Alfange, durante os 11 anos que ali trabalhou. Quer no ATL quer no apoio administrativo na então Associação Desportiva, Recreativa e Cultural de Alfange.
Helena Arruda desceu a calçada de Alfange na cadeira de rodas eléctrica até à zona da escola onde dezenas de pessoas a receberam com aplausos e muitas flores. Depois da emoção vieram os sorrisos e a entrada numa sala de aula, decorada com fotos de tempos de boas recordações, onde todos aproveitaram para cantar a marcha de Alfange. O presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores, associou-se à homenagem.
Duas reportagens realizadas com Helena Arruda na edição semanal de O MIRANTE podem ser consultadas nos seguintes endereços:

http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=236&id=25806&idSeccao=3188&Action=noticia



http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=213&id=21911&idSeccao=2816&Action=noticia


Moita Flores enaltece Alfange na homenagem a Helena Arruda

Alfange foi palco, no passado sábado, dia 21, da homenagem a Helena Arruda, organizada por antigos alunos do ATL, onde, durante 11 anos trabalhou como monitora.

Moita Flores, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, enalteceu Alfange, por, “apesar de destruída, conseguir despertar para o Mundo e para a vida.”

O autarca salientou que “este é o primeiro testemunho colectivo de gratidão que vejo desde que estou na presidência da Câmara de Santarém. E para que esta gratidão seja tão visível é, normalmente, preciso que a obra realizada pela homenageada tenha sido muito grande”, acrescentando que, “são estes sentimentos de solidariedade que têm que marcar o nosso viver colectivo”.

Carlos Marçal, Presidente da Junta de Freguesia de Marvila, o seu executivo, e largas dezenas de pessoas, associaram-se à homenagem.

Moita Flores elogiou a homenageada afirmando que “para estarmos juntos nesta caminhada, são precisas pessoas, como a Lena, que nos dá uma lição de como resistir.” O autarca afirmou ainda que “a Lena continua ser nossa professora porque continua a dar-nos a lição de como resistir.”

“A vida é feita de pequenos nadas, e com pessoas como a Lena que nos ensina como mais ninguém. Devemos olhar a escola como um ninho de produção de saber, uma vez que, quanto mais sabemos, mais capacidade temos de ser felizes.”, advertiu o autarca.


A Helena Arruda, juntaram-se, para além da família, muitos amigos, que a ouviram recordar os onze anos que esteve em Alfange, que nunca considerou que fosse um trabalho, mas “onde aprendi muito e tive a sorte de trabalhar com pessoas de alto nível como a Dra. Ivone Carrolo, que sempre pensou no futuro e não na caridadezinha, aprendi muito também com a Hortense, com o Mário Júlio Reis, e com as educadoras que apoiei no infantário.”, afirmou.

Os seus antigos alunos recordam-na, afirmando que “o tempo apagou os nossos desenhos, mas não apagou as nossas recordações. A Lena não era uma simples monitora, mas uma profissional de garra que, durante o tempo em que esteve em Alfange fez com que as nossas crianças tivessem uma infância muito alegre.”

No final da cerimónia, o hino de Alfange ecoava na sala arranjada a preceito para o efeito, e após a visita à exposição, que vivifica os anos em que a homenageada trabalhou em Alfange, foi servido um lanche, no pátio junto à antiga escola primária, onde não faltou um churrasco, organizado pelos seus ex-alunos, transparecendo no rosto de todos, a alegria de ter a Lena entre os Alfagenses.

http://www.cm-santarem.pt/santarem/NoticiasEventos/Noticias/Homenagem+Helena+Arruda.htmaaa


Comentário: A minha prima Helena é uma lutadora e uma pessoa que adora a vida, e vive-a com uma intensidade incrivel, sempre que está sol sai na sua cadeira (que a libertou) para a rua e vai ver todos os seus amigos, que felizmente são muitos e por todas as ruas de Santarém há quem a acarinhe e quem a convide constantemente para conversar... "é o sorriso de Santarém".
Desculpa prima se às vezes nós que somos da familia não te apoia-mos mais ou não estivemos mais tempo contigo.

Bjs

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home